Cummins Brasil promove eficiência em processos já sustentáveis

A área de Operações do Centro Logístico da Cummins Brasil vem promovendo melhorias em processos de reciclagem dos materiais, tornando o destino deles ainda mais produtivo e eficiente. Além de adotar o uso do plástico vegetal há três anos e ampliar sua utilização de forma gradual, os pallets – antes transformados em bioenergia, agora são compartilhados com a Cooperativa de artesanato em marcenaria Unindo Forças. “Nosso objetivo é trazer avanços nas ações voltadas ao meio ambiente, melhorar processos já sustentáveis, oferecendo destinos cada vez mais nobres aos nossos materiais que podem ser reutilizados”, afirma Cassia Gonçalves, gerente de Segurança no Trabalho e Meio Ambiente da Cummins Brasil. Antes transformada em bioenergia por meio de um processo de incineração, agora parte dos pallets que desembarcam no Centro Logístico da Cummins Brasil e vêm de diversas regiões do mundo, são doados para Cooperativa de artesanato em marcenaria Unindo Forças. O fornecedor dos filmes plásticos vegetais, Roma Indústria e Comércio de Embalagens Industriais, é também parceiro voluntário nesta empreitada, responsável por encaminhar os pallets até a cooperativa. A primeira doação ocorreu em junho deste ano e a segunda no mês seguinte, sendo que até agora já foram entregues 3,6 toneladas de madeira. Neste processo, os artesãos da Unindo Forças transformam os pallets em caixinhas de feira que são comercializados para a linha feirinha da empresa varejista de móveis Tok&Stok. Plástico vegetal – Outra medida que vale destacar é o uso do plástico vegetal utilizado nas embalagens das peças que saem do Centro Logístico da Cummins Brasil e são enviados para os clientes da companhia. Reconhecido pela ABNT e Inmetro como rotulagem ambiental, o produto é utilizado pela área há três anos e se decompõem em 120 dias. Trata-se de um matéria plástico biodegradável a base de cana de açúcar. No total 2,8 mil quilos ao mês, além de uma outra mudança implementada a 4 meses que 40 mil sacos utilizados mensalmente recebem a tecnologia biodegradável, permitindo a Cummins ser ainda mais sustentável. Mais ações da área de Operações do Centro Logístico da Cummins Brasil:* Uso do papel – antes de celulose, a 2 anos o papel utilizado para as impressões foi substituído por uma versão produzida com bagaço de cana * Papelão – adoção de maquinário na CGL que transforma o material em suporte para acomodar as cargas dentro de caixas no lugar de plástico bolha, por exemplo. *Pellets – são produzidos mini pellets madeira, biocombustíveis sólidos, que incinerados servem como combustível para bioenergia. *Pallets – são doados para Corporativa Unindo Forças que transforma a madeira em caixas de feira comercializados para a Tok&Stok. *Plástico vegetal – no total 2.800 kg de filme plástico por mês, além de 40 mil sacos plásticos vegetais são usados pela Cummins e utilizam tecnologia biodegradável. *EPI – são utilizados pelos funcionários capacetes de proteção feitos de plástico 100% vegetal a base de cana de açúcar.

FONTE:http://www.edmotors.com.br/2018/09/18/cummins-brasil-promove-eficiencia-em-processos-ja-sustentaveis/

Comments are closed.